sábado, 31 de julho de 2010

...quando o belo se torna especial….
















Foram dias fantásticos nos quais descobri paisagens simplesmente divinais, únicas em que a beleza da natureza conjugada com a simplicidade do momento vivido tornam cada minuto especial...as colinas agrestes da cidade de Nazaré contrastam com a pureza daquelas águas cristalinas ...ver a cidade do cimo daquelas colinas, que muito me fizeram lembrar a terra que me viu nascer, transmitiu-me uma sensação que jamais sentira...aquela sensação genuína de ser-se (finalmente) feliz...Já na cidade das "sete saias", e vislumbrando aquelas águas transparentes e convidativas , o rumo à praia não tardou a chegar...aproveitando o que a cidade nos oferece , a "viagem" decorreu de ascensor..deleitar-se com a fantástica paisagem, enquanto o ascensor percorria a sua rota...com o calor que se tem vindo a sentir, o dia passado na praia foi delicioso...tal como o foi o dia seguinte , cujo destino foi a linda Baía de São Martinho do Porto...mais um local desconhecido, mais uma raridade da natureza, onde o mar nos deixa de queixo caído perante tanta beleza...rumo a mais um ponto do nosso lindo Portugal...desta vez, Foz do Arelho...mais uma vez "transportada" para a minha ilha pela facilidade que temos de caminhar dentro de água, uns bons metros com esta ainda pelo joelho...único inconveniente...a água é simplesmente gelaaada...estando as muralhas da cidade de Óbidos por perto, a visita aquele lugar mítico não tardou a acontecer...nunca tinha percorrido aquelas ruas sob o luar, e a verdade é que aquela luz natural torna aquela visita bem mais misteriosa...imaginar aquele espaço ocupado pelos nossos antepassados , os trajes da época, as tradições...e por falar em tradições, a prova do licor de Ginja foi o ponto alto da noite... e depois de um copito de Ginja, o que sabe bem é mesmo percorrer a muralha da cidade, tal como os nossos antepassados o fizeram há séculos atrás... única diferença, a presença da lanterna...um pouco de tecnologia nessas alturas, dá sempre jeito :P O último dia foi passado em Coimbra, cidade universitária, conhecida pelo seu imponente rio, que serviu de cenário natural para a deliciosa refeição num ristorante italiano...e como Coimbra é conhecida pela famosa Quinta das Lágrimas...o testemunho do amor de Inês e Pedro, a referência ao nosso eterno Luís de Camões e à sua ilustre obra "Os Lusíadas"... a visita era imprescendível... pena não ter correspondido às expectativas...a tão bela história de amor retratada n'Os Lusíadas em nada corresponde ao estado de abandono daquele espaço... restam-nos os versos de Camões para manter viva a chama do amor de duas pessoas que lutaram em nome do mais belo sentimento...o amor!




*Descobrir isso tudo do teu lado é que torna tudo bem mais especial....*

Sem comentários: