terça-feira, 1 de março de 2011

...o lado Bom da vida...

Após um interregno de alguns meses na descoberta
das belezas de Portugal...
...eis nos de volta pelos caminhos da lusitana terra...
Destino: o Minho...

...primeira paragem: Fão - freguesia do concelho de Esposende - muito conhecida pelo seu doce regional, as Clarinhas.. confesso que quando soube que este doce tinha como recheio chila, fiquei um pouco receosa, pois nunca fui grande apreciadora desse doce, no entanto, mal dada a primeira dentada...hum,que delícia!

Clarinhas de Fão


Após uma breve visitinha à freguesia dos fangueiros, é tempo de rumar mais a Norte e visitar a linda e acolhedora Viana...Viana do Castelo, coração do Minho, com as suas ancestrais tradições minhotas, as suas iguarias...aquelas bolas de Berlim do Natário são...como direi...simplesmente divinais! Desta vez a visita a Viana prendeu-se essencialmente ao santuário da Santa Lúzia, de onde se vislumbra uma vista descomunal...Viana não me é totalmente desconhecida, mas a verdade é que descubro sempre algo de novo.. a subida ao topo da Basílica é algo a não perder... ter de subir degrau a degrau aquela escadaria e descobrir uma paisagem assombrosa da cidade, é fabuloso! O pormenor dos semáforos na subida ao topo da Basílica é fantástico, pois a escadaria é tão estreita que não pode haver passagem de visitantes nos dois sentidos...ou se sobe...ou se desce...um de cada vez!

Após deliciarmos o olhar com tão bela paisagem é tempo de darmos algum aconchego ao estômago...o almoço foi em Vila Praia de Âncora, com uma fantástica paisagem marítima como cenário...o espaço convidou a um belo passeio à beira-mar, que permitiu descobrir a beleza daquele local e me fez recordar, com saudades, a beleza da ilha que me vira nascer...curioso como o mar nos transmite uma profunda sensação de bem-estar...curioso como o mar tem sido sempre o testemunho dos nossos deliciosos passeios...talvez porque o mar simboliza a vida, sendo uma das metáforas mais escolhidas pelos poetas para representar o Amor...talvez porque transmita paz, serenidade...talvez...o certo é que nos tem acompanhado e tem sido cada vez mais saboroso...


...a viagem até ao destino onde iríamos pernoitar realizou-se sempre junto à costa...desfrutar do sol invernal que, embora tímido, é transmissor de um estado de alma bem mais animador...Caminha à vista, chega o momento de descansarmos, não sem antes visitar a cidade, provar os seus típicos doces - as mocas e os caminhenses -, e desfrutar de um fantástico e inesquecível pôr-de-sol...


...o silêncio e a acalmia que pairavam em Caminha eram convidativas a uma bela noite de repouso e, como tal, a hora de descanso não tardou a chegar...o dia seguinte estaria repleto de outras maravilhosas surpresas...e assim foi...após um reforçado breakfast, eis nos de volta à estrada, desta vez, rumo a Paredes de Coura...fiquei fascinada com a pureza daquele rio, aquelas águas cristalinas..algo raríssimo nos tempos que correm...


...após visitinha à cidade do conhecido festival Paredes de Coura...eis chegada a maior das surpresas...Ponte de Lima... já lá tinha estado, mas a cidade está completamente diferente... em pleno coração do vale do Lima, esta esplendorosa cidade oferece aos seus habitantes uma visita encantadora com o seu circuito estatuário, a sua tão conhecida ponte medieval...um início de tarde muito bem passado...caminhar pelas ruas de Ponte de Lima, sentir a tua presença, trocarmos aquele olhar, termos as nossas conversas, que tão bem me fazem...sem dúvida, um local onde poderei dizer a pleno pulmões (e tal como o nosso querido Malato o diz vezes sem conta)...Aqui já fui feliz!!


...para finalizar este fim-de-semana inesquecível...Barcelos...recheado com os seus conhecidos e lendários galos, ícone da identidade nacional, que muito contribuem para colorir a cidade...

...um fim-de-semana fabuloso, recheado de óptimos momentos...aqueles momentos que nos fazem acreditar que tudo vale a pena...que nos fazem sentir na pele o lado BOM da vida...

Sem comentários: