sexta-feira, 15 de julho de 2011

Por terras dos Mouros...III parte

...depois de visitar aqueles locais encantadores...eis a altura de conhecer o Castelo dos Mouros... fortificação militar que remonta ao século IX, período da ocupação muçulmana do território...caminhamos, debaixo de um calor abrasador, pelas muralhas do Castelo...deliciamo-nos com uma paisagem fabulosa de Sintra, onde podíamos avistar a próxima "beleza" a visitar...o Palácio da Pena...

Muralhas do Castelo dos Mouros...


Sintra em caracteres árabes -
Bandeira idealizada para simbolizar a origem do castelo

O Palácio da Pena é de uma beleza divinal...principalmente os seus jardins... fiquei impressionada com a grandeza daquele espaço, com o requinte das escolhas, com a magia que cada cantinho transmite os que por ali passam... um dos pontos altos do passeio:) O Palácio da Pena e o parque que o envolve são o expoente máximo, em Portugal, do Romantismo do século XIX... constituem o mais importante pólo da Paisagem Cultural de Sintra - Património Mundial... efectivamente, o Palácio da Pena é de uma beleza indescritível...os aposentos dos Reis, a escolha dos materiais de construção, os azulejos, as próprias cores escolhidas...tudo parece ter sido alvo de um longo processo de ponderação, de escolha, de amadurecimento... e o resultado não poderia ter sido melhor...lindíssimo!

Entrada do Palácio da Pena

Já dentro do palácio...cores lindíssimas!

Relógio de Sol com canhão que disparava ao meio-dia

Estátua do Guerreiro (1848) -
Possível representação do Rei D.Fernando como guardião da sua obra

Após visita ao palácio é tempo de visitar o fantástico parque, possuidor de inúmeros percursos, todos eles repletos de simbologia, de história...ora, apenas vou referir aqueles que mais me marcaram, não só pela simbologia que revestem, mas também por saber que todo aquele espaço mágico existe porque há muitos séculos atrás, pessoas como nós tiveram a ousadia e o bom gosto de transformar um simples pedaço de terra num local fascinante... saber que as plantas e flores plantadas tinham sido escolhidas pelas nossas rainhas...saber que essas mesmas rainhas passeavam pelo mesmo percurso que fazia...a nossa História é, sem dúvida, uma viagem cativante!

Ponte lindíssima envolta de fetos,
que foram plantados a pedido da rainha..
a Feteira da Rainha

A árvore que mais gostei...
a Thuja plicata é uma árvore com características fascinantes,
pois os seus ramos basais em forma de "j" voltam a dar origem a novas árvores...
as belezas da natureza...


A Fonte dos Passarinhos com características do estilo árabe

Um dos lagos do Palácio da Pena...

..Sintra e os seus encantos revelaram ser uma agradável surpresa...apesar de ter caminhado como já há muito não o fazia, valeu a pena descobrir essas belezas do meu país.. descobrir que existem locais de uma beleza encantadora, locais que nos dizem muito, por fazerem parte da nossa História, por fazerem parte de um bocadinho de cada um de nós...

...para quê viajar para longe quando o belo, o especial, o "nosso" está mesmo ali ao lado?


...next post...

Convento de Mafra...uma agradável surpresa...um complemento enriquecedor à leitura da obra "Memorial do Convento", de José Saramago...

1 comentário:

JFR disse...

que venha o próximo post, é um prazer ler o que escreves

Beijokas
JR