quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

O meu diário de grávida #1

Já há algum tempo que ando para escrever sobre esta experiência fantástica e especial que estou a viver...mas vou adiando, adiando... e o post não sai... hoje lá me decidi a partilhar convosco este momento mágico na vida de uma mulher.... 

{aviso já que o post é longo}

... ora comecemos pelo início... a descoberta da boa nova, que começou com o aparecimento dos dois tracinhos no teste....


...bem, como sou uma pessoa muito ansiosa, sempre pensei que demoraria uma eternidade a engravidar... a verdade é que a primeira vez que o "dito" faltou, pensei logo "Já?"... mas, ainda aguentei uns dias, vá uma semana até comprar um teste... e não é que fiz o teste de manhã e de tarde lá estava ele a dar ar de sua graça? Pois, pensei logo, que não iria ser tarefa fácil...

... o segundo mês, lá estava ele assíduo, na data prevista... não era desta :(

... até que no terceiro mês, disse a mim mesma que, mesmo que atrasasse não faria logo o teste, visto que já sabia que o atraso era da ansiedade {ou não!}... e não é que atrasou...um dia...dois...três... aguentei-me mais de uma semana, mas como estava doente, e na incerteza de estar ou não grávida, não podia tomar qualquer tipo de medicação, então fui ao médico, que me aconselhou a fazer o teste, de forma a saber que tipo de medicamentos podia tomar... e assim foi... comprei o teste e no dia seguinte, logo pela manhã, fá-lo-ia....

... na manhã seguinte, bem cedo, fiz o teste... e meus amigos, qual não foi a minha cara quando vi os dois traços a aparecerem {bem me parecia que aqueles enjoos a caminho de Chaves era algo de estranho}... fiquei perplexa a olhar para aquilo, até que chamei pelo marido, que confirmou o que estava a ver... ok, vamos ser pais!! E agora?!

... eu sei, muitos pensarão "Então, e não era isso que queriam?"... era e é, mas não é todos os dias que se recebe esta notícia... e isso é coisa para nos deixar um pouco abananados...

... depois do "abanão" inicial, a boa notícia foi super bem recebida pelos avós {que já andavam a "pedir" um netinho há imenso tempo} e aos tios {que ficaram, igualmente, radiantes...}... não optamos por contar a muita gente até ir ao médico confirmar que, aquilo que tinha visto naquela manhã era mesmo verdade... e o próprio médico aconselhou-nos a aguardar até, mais ou menos, às 12 semanas {ai que isso das semanas custa a habituar} até pudermos espalhar a pleno pulmões que vem aí bebé!

... é, sem dúvida, uma notícia fantástica e mágica, mas ao mesmo tempo, um pouco assustadora...saber que teremos um ser que depende exclusivamente de nós é coisa para nos deixar com as pernas a tremer... no entanto, a natureza é de tal maneira bem feita, que nos dá cerca de nove meses para nos irmos habituando à ideia... e, a verdade é que, se inicialmente, assusta, agora, está a ser mais "fácil" lidar com isso... aquele mundo novo transforma-se num mundo mais "nosso"... senti isso plena primeira vez, quando fiz a primeira ecografia e tive a sensação de que era algo real... vê-lo/la a mexer-se, ali confortável, tornou esta notícia em algo de concreto... foi a primeira vez que senti mesmo que estava grávida... é algo simplesmente mágico...

Sem comentários: