sexta-feira, 10 de abril de 2015

Dias dos Irmãos

Sôdona minha mãe e senhor meu pai acharam por bem dar-me apenas um irmão... acredito que as minhas birras para comer, a "florzinha de estufa" que era, levaram-nos a ponderar seriamente em ter mais um rebento, mas como são pessoas corajosas, arriscaram em ter mais um filho e, fizeram bem, pois o meu mano era o típico "come e dorme"... 

... quando ele nasceu eu ia fazer quatro anos, e como tal, o menino veio roubar-me o meu protagonismo... óbvio, que não gostei lá muito...segundo a minha mãe, como só havia um quarto e visto que dormia com os meus pais, tive de dar o meu lugar ao mainovo e passar a dormir no sofá da sala... parece que choramingava todos as noites e suplicava que me deixasse dormir com eles... mas, em vão... aquilo não era casa da mãe Joana... por isso, lá tinha de me conformar com isso, contrariada, claro...

... a verdade é que fui sempre mais sensível, mais carente de afetos do que ele... desde pequeno que ele detestava dormir na cama dos nossos pais, eu A-D-O-R-A-V-A... enfim, digamos que ele sempre foi mais "durão" do que eu... {também se fosse o contrário é que era de estranhar...} 

... por isso, é mais do que evidente que não temos feitios nada semelhantes, mas damo-nos bem... claro, que houve sempre aquelas zangas de irmãos, em que ele me tirava do sério, e mais apetecia-me que ele fosse para a conchinchina... mas, pronto, dali a uns minutos já tinha esquecido tudo... e não é mesmo isso amor de irmãos?

... a verdade é que não poderia ter melhor irmão do que mo que tenho... uma pessoa justa, honesta, sincera, amigo do seu amigo, prestável... enfim, é mesmo boa pessoa... por isso, não poderia ter escolhido melhor padrinho para o meu menino, porque sei que estará sempre presente para ele, que ajudará em tudo {menos na muda das fraldas}, que será um paidrinho 5 estrelas tal como é um irmão 5 estrelas...

Feliz Dias dos Irmãos

Sem comentários: