sábado, 1 de agosto de 2015

A amamentação

... enquanto "surfava" {ah ah ah! gosto tanto desses novos termos adaptados às novas tecnologias} pela Internet, descobri que, de 1 a 7 de agosto, comemora-se a Semana Mundial de Aleitamento Materno (SMAM) 

... ora, estando eu {ainda} a amamentar, este assunto despertou-me forte interesse... confesso que nunca pensei amamentar o meu filho durante tanto tempo, já lá vão quase 13 meses... o meu GO alertou-me imensas vezes sobre a importância da amamentação para o nosso bebé, bem como para nós, mas também nunca escondeu as dificuldades inerentes à amamentação... e que dificuldades!!

... o início do processo de amamentação {no meu caso...}, não foi nada fácil... o Gonçalo não mamava bem, fazia uma má pega, o que acabava por originar stress para ambos, para além disso, fiquei com os mamilos num estado deplorável, o que fazia com que não encarasse bem um momento que se queria calmo e de cumplicidade... 

... a situação melhorou um pouco quando regressamos a casa, e com o tempo {bem me diziam...}, as coisas foram fluindo naturalmente, e começamos a saborear esse momento tão nosso, e gostamos tanto, que ainda o fazemos... 

... agora, posso dizer que adoro amamentar e que, ainda bem, que não desisti, quando o cenário se apresentou menos bom... foi difícil, sem dúvida que foi, mas está a ser muito gratificante... aquele é o NOSSO momento... um momento de cumplicidade, de ternura, de puro amor... 

... por isso, essas iniciativas de sensibilização acerca da amamentação são muito importantes, pois, infelizmente, ainda se ouve/lê/vê muita coisa errada, muito preconceito acerca desse ato de amor... é fundamental mudar mentalidades e mostrar que amamentar é um ato natural... é importante mostrar que, a mulher, a mãe deve ser livre de o fazer sem ser alvo de críticas ou olhares...

... há bem pouco tempo, estava na festa da aldeia, e o Gonçalo estava agitado, rabugento e com fome e, por isso, decidi amamentá-lo...  desloquei-me para um local mais sossegado, e com a devida privacidade, amamentei o meu filho... procurei não me expor em demasia, mas também não deixei de alimentar e serenar o meu bebé... penso que as coisas têm de ser feitas com consciência, com sensatez para não ferir susceptibilidades alheias, mas também não deixarmos de cumprir com o nosso papel de mãe e cuidar do nosso bebé... 

... esta iniciativa da SMAM tem como tema, este ano, Amamentação e trabalho: para dar certo, o compromisso é de todos - a ideia é reforçar que a proteção à maternnidade deve ser garantida pelo mercado de trabalho (...) é fundamental informar as mulheres sobre os seus direitos gerais nos quesitos saúde, segurança e trabalho como forma de empoderá-las para que possam exigir seus direitos e o direito do bebé de ser amamentado. As mulheres cumprem um duplo papel na sociedade, o produtivo e o reprodutivo. É necessário reconhecer e proteger esses direitos.

... urge tornarmos a nossa sociedade numa sociedade mais consciente da importância da amamentação e banir essas mentalidades "pequeninas" que não deixam a natureza fazer o seu trabalho, pois se o Homem {Mulher, nesse caso..} é um ser mamífero é perfeitamente normal que amamente a sua "cria" ... é algo NATURAL!!! O que não é natural é estarem a prejudicar esse ato de amor... ♥

Daqui


Sem comentários: