segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Amor de avó

... o Gonçalo fica com a minha mãe enquanto trabalhamos, já tínhamos decidido isso ainda antes de eu engravidar... ela está em casa e, por isso, o menino fica com ela... Felizmente, tenho esta sorte e assim será, pelo menos até ao próximo ano letivo, em que, provavelmente, ele irá para a creche...

... assim, a senhora minha mãe fica com o Gonçalo o dia todo, a semana toda...e, inevitavelmente, ela está muito ligada ao menino ao ponto de me ligar no sábado à noite a dizer que tinha acabado de ver uma reportagem sobre os refugiados e que, havia lá bebés que, infelizmente, não aguentavam a travessia e que, ao ver aquilo começou a chorar e ficou com saudades do neto... há lá coisa mais deliciosa? Amor de avó é, sem dúvida, uma amor imenso...

... no domingo lá fomos nós visitar os avós, a ver se acalmávamos aquele coração saudoso... 

Sem comentários: