quarta-feira, 5 de julho de 2017

O merecido reconhecimento

Ontem, enquanto conversa com a minhas meninas, uma delas disse-me:

- Ó stora, quando a minha mãe me disse que o seu marido tinha morrido, eu comecei logo a chorar... ele era tão fixe!

Dizem que a verdade sai da boca das crianças, não que fosse preciso ser uma a dizê-lo, porque já se sabia que o meu Jorge era "fixe", mas sabe sempre bem ver que as crianças, que são genuínas, conseguem ver a bondade das pessoas, e perceber que a vida pode ser tão injusta!

O Jorge era "fixe", o Jorge era uma pessoa altruísta, divertida, que adorava ajudar o próximo, por isso quando soube que ele seria homenageado pela Junta de Freguesia, achei que era mais do que merecido... 

O passado dia 1 de julho, foi um dia complicado, foi um dia cheio de emoções, um dia em que as saudades se acentuaram, em que as lágrimas voltaram a correr com mais intensidade, um dia de aperto no coração... mas, acima de tudo, foi um dia especial... tal como ele!

Obrigada à junta de Freguesia de Lordelo, e ao Nuno, por reconhecerem o valor do Jorge, 
por louvá-lo, por nunca se esquecerem do homem fantástico que foi e que sempre será!

Obrigada Alzira pela leitura da biografia... não podia ter escolhido melhor!

Obrigada Leo pela tua presença, mesmo estando em fase de recuperação!

Obrigada a todos os amigos Inémicos que marcaram presença!

Fotos: Paulo Alexandre

Sem comentários: