sexta-feira, 20 de outubro de 2017

{Desabafo} ❧

O outono chegou e com ele, a saudade {ainda} mais cravejada no peito, as lágrimas que teimam em entrar em cena, o choro que apetece largar a toda a hora...

Hoje, acordei cansada... cansada de fingir que consigo, cansada de fazer um esforço para seguir em frente, cansada do "tem de ser", cansada de não ter o Jorge... cansada de  ser forte!

Há dias assim... há dias em que, quando paro {porque, geralmente, tento não me deixar dominar pelos pensamentos} e penso "bolas, vai ser para sempre.. ele não volta mais".. a dor torna-se tão grande, tão forte que dói ... dói mesmo...  dói o peito, dói a barriga... e dói a alma! Esta, coitada, está tão amassada  que, às vezes, acho que não há ponta por onde se lhe pegue...

Hoje acordei cansada, com vontade de não sair da cama, de ficar ali, quietinha... coisa que, curiosamente, nunca fiz, desde a partida do Jorge... nunca fiquei na cama, decidida a não acompanhar o dia... nunca me recusei a cuidar da minha vida, do meu filho... sempre me levantei da cama, e segui em frente... mas, hoje, confesso... acordei cansada... 

Sem comentários: