segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

O desapego ღ

Uma das minhas resoluções para 2018 é diminuir o tempo de exposição do Gonçalo {e o meu} às novas tecnologias... o Gonçalo adora tablets, telemóveis... mexe naquilo como ninguém... chateia-se quando não há Internet para ver os vídeos no Youtube... aprendeu as cores e os números em inglês sozinho ao ver os vídeos, cantarola umas músicas que por lá ouve... no entanto, há dias em que é complicado lidar com isso... porque há dias em que ele faz birras porque quer o telemóvel, e eu não deixo... há dias, em que, por mais que eu não queira que ele esteja "colado" ao ecrã, o cansaço faz-me ceder... e, lá vai ele à vidinha dele de telemóvel nas mãos...

Sei que estou a errar, que deveria ser mais firme, mais decidida... mas, quem nunca entregou essas maquinetas para ter uns minutos de sossego? Pois...

Há dias, que só de me ver a chegar, já está a pedir o telemóvel... e isso é coisa que me aborrece imenso... e, às vezes, logo à chegada a casa, já começou uma guerra... por isso, este ano, decidi que iria diminuir a exposição às novas tecnologias... 

Estou a fazê-lo de forma gradual, para ele não se aperceber que houve ali um corte...  evito ter no seu campo de visão tudo o que seja tecnológico... a televisão é {ainda} a única tecnologia que tenho mantido... também por uma questão de "companhia", porque há dias, em que o silêncio, em casa, torna-se ensurdecedor...

No entanto, e apesar de ter a televisão ligada, este fim de semana, ele fartou-se de brincar no quarto dele, tirou tudo do sítio, aquele quarto tinha brinquedos espalhados pelo chão todo... pintou, correu, pulou... estava feliz, e por incrível que pareça, nem se lembrou do telemóvel/tablet ...

Foi um pequeno passo, mas que me faz acreditar que é possível moldarmos os nossos filhos de forma a que tenham o comportamento que desejamos... sem gritos, sem violência... de uma forma saudável e serena... a distração tem sido a minha aliada, mesmo em situações de birras, tento distraí-lo com outro assunto, e ele lá se esquece do motivo da birra... vou continuar a "esconder" o telemóvel, e o tablet só será oferecido pontualmente... porque, acredito que com dedicação e perseverança, tudo se consegue... 

Agora, também a mamã tem de ir trabalhando esse desapego ao telemóvel, às redes sociais... tem sido o meu escape para me manter ocupada, mas sinto que passo demasiadas horas "coladas" ao ecrã... que perco imenso tempo a deslizar o dedo pelo Facebook e Instragram, quando poderia estar a fazer outras coisas... 

Bem, será um trabalho em conjunto... mãe e filho... na busca do que realmente é importante!


2 comentários:

Claudia gonçalves disse...

Um bocadinho a ver tv e um bocadinho no tablet, não lhe fará mal. Agora qd o tempo melhorar e os dias ficarem maiores,já podes ir até ao parque e ela esquece as tecnologias pq brincar ao livre é outra coisa. Bj p vocês ��

A Vida a Três disse...

E ele adora ir ao parque <3
Bjinhos nossos*