segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

Saber escutar**

A vida é uma constante aprendizagem e, ela tem me levado a perceber mais acerca do Homem e a constatar que somos, efetivamente, um ser complexo.... 

A correria dos nossos dias turva-nos a mente e as emoções de tal forma que, nem nos apercebemos dos "pequenos tudo" que podem transformar a vida das outras pessoas... refiro-me, em especial, ao saber escutar!

Cada vez mais, centramo-nos no nosso "eu", olhamos para o nosso umbigo, focamo-nos nos nossos problemas e acabamos por não nos apercebermos que não escutamos os outros, apenas ouvimos... e aí é que está a diferença!

Saber escutar é uma arte cada vez mais em desuso... exige esforço, atenção, concentração.... requer saber controlar as nossas emoções e começar a olhar para o outro como um ser que também sente, vive, sofre.. e que também precisa {e merece} ser escutado!

Todos conhecemos aquela pessoa que fala pelos cotovelos, que fala sem filtro, que passa a vida a lamuriar-se, que interrompe a conversa, que dá aquele toque no braço para que estejamos a olhar para ela, como se a vida dependesse disso...  mas, curiosamente, quando o seu interlocutor também fala dos seus problemas, ela simplesmente desvia a atenção, desconversa ou não mostra disposição para escutá-lo... 

Não tem, necessariamente, de haver empatia, até porque nem todos temos essa capacidade de nos colocarmos no lugar do outro... mas, acredito que é possível haver compreensão, cuidado, atenção... de forma a construir uma escuta empática, em que, aí, sim reside a base para um bom diálogo... porque, muitas vezes, existe apenas um monólogo, um desabafo desenfreado de uma das partes...

Felizmente, tenho tido na minha vida algumas pessoas que sabem escutar com o coração e que me levam a desvalorizar aquelas que vivem surdas no seu mundo...  დ

Sem comentários: