sexta-feira, 1 de junho de 2018

Dia da {minha} criança*

O Dia da Criança passou a ter outro sentido deste que a minha criança nasceu. Passei a dar mais valor ao essencial. Ao momento. Ao que me enche o coração. 

O Dia da Criança não é só um dia para dar um presente ou para relembrar o quão as crianças são maravilhosas. É um dia para ser vivido em pleno. Com a certeza de que, nas crianças, reside o verdadeiro. O que realmente importa. 

A minha criança trouxe-me a sabedoria de saber serenar face as intempestividades. Ajudou-me a perceber que muitas, do que facilmente {e absurdamente} classificamos como "birras" , não são mais do que o resultado de um dia agitado, cansativo. Fez-me entender que é preciso parar. Baixar ao nível dos nossos filhos. Escutar. Olhos nos olhos. Mostrar empatia. E, sobretudo, abraçar. Num abraço reconfortante e calmo. Aquele abraço que cura tudo.

O meu Gonçalo ajudou-me a entender um pouco mais este mundo. O de ser-se criança numa sociedade demasiada adulta. O Gonçalo fez-me perceber que é preciso termos calma. Que cada coisa tem o seu ritmo e que nada vale apressarmos esse ritmo. O Gonçalo fez-me amar a diferença e respeitá-la. 

A vida pelos olhos de uma criança ganha outro encanto. Outra magia. Aquela magia que nós também tivemos, mas que fomos perdendo. A magia de acreditar que sim. Simplesmente porque sim. E é nisso que me vou embebendo a cada dia. 

Ao meu pikachu, a minha abobrinha mais linda da mãe, 
um Feliz Dia da Criança
E um obrigada pela magnifica criança que és!! 
"Lobe you"

Sem comentários: